Novo bispo Dehoniano é ordenado

Novo bispo Dehoniano é ordenado

Novo Bispo Dehoniano é ordenado em Recife: Dom André Vital SCJ

Arquidiocese de Olinda e Recife, a Congregação do Sagrado Coração de Jesus (Dehonianos) e a diocese de Limoeiro do Norte (CE) estão em festa com a ordenação episcopal do padre André Vital Félix da Silva. Ordenado bispo na tarde de sábado (08/07) por dom Virginio Bressaneli, bispo da diocese de Neuquén (Argentina), o agora dom André Vital se prepara para assumir a diocese de Limoeiro do Norte, no estado do Ceará. O arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, e o arcebispo metropolitano da Paraíba, dom frei Manuel Delson Pedreira da Cruz, foram co-ordenantes na celebração, que reuniu muitos bispos, sacerdotes e autoridades. Familiares, amigos, religiosos e religiosas de diversas congregações também se fizeram presentes na ordenação episcopal que aconteceu no Santuário de Nossa Senhora de Fátima, no bairro da Boa Vista, região central do Recife.

No início da celebração, dom Fernando Saburido fez a saudação de acolhida e afirmou que o novo bispo de Limoeiro do Norte será, com certeza, o primeiro entre os discípulos missionários de Cristo, fazendo bem a todo o povo e ajudando, pela Palavra, na salvação de seu rebanho.

A homilia foi proferida pelo bispo emérito de Limoeiro do Norte, dom José Haring OFM, que renunciou por chegar à idade limite para o episcopado (75 anos, segundo o código de direito canônico). Com simpatia, dom José disse que Deus enviou o novo bispo com a graça dos sacramentos para santificar o povo, e com o dom da santidade para unir a sociedade local no amor de Deus. “Que ele seja a força do rebanho que lhe foi confiado; que seja presença providente; que seja para a diocese um pai, um irmão mais velho, um amigo”, desejou o bispo emérito.

Após apresentação, leitura do Mandato Apostólico e interrogatório quanto à fé e futura missão, conforme o rito de ordenação, o bispo eleito se prostrou diante do altar, invocando, junto com o clero, a intercessão de todos os santos em ladainha. A partir de então, uma sucessão de ritos carregados de significados emocionou os fiéis no Santuário: a imposição das mãos pelo bispo ordenante principal, bispos co-ordenantes e demais bispos presentes; a unção da cabeça para a bênção da fecundidade espiritual; a entrega do Livro dos Evangelhos para que o ordenado anuncie a Palavra de Deus; a entrega do anel como símbolo de fidelidade da Igreja, esposa de Deus; a entrega da mitra, representando o esplendor da santidade; e a entrega do báculo, símbolo do serviço do pastor que cuida de seu rebanho.

Em suas primeiras palavras como novo bispo de Limoeiro do Norte, dom André quis louvar a Deus por cada um presente em sua vida e, particularmente, nesse momento em que recebe a ordenação episcopal. “Hoje tenho consciência ainda mais da responsabilidade de não trair Jesus, de não trair a Igreja”, afirmou com humildade, “e peço que continuem a rezar por mim, pois a oração nos coloca a todos numa atitude de ‘manter os olhos fixos em Jesus’, que nos salva”, concluiu, fazendo referência ao lema que escolheu para seu episcopado: “Aspicientes in Iesum”.

Ao final da celebração, o vice-chanceler da Arquidiocese de Olinda e Recife, padre Augusto César Figueiroa de Arruda, leu a ata da ordenação, que foi assinada por dom André Vital, dom Fernando Saburido, dom Delson, dom Virgínio Bressaneli e outras testemunhas. Dentre as autoridades presentes à ordenação de dom André estavam o prefeito de Limoeiro do Norte, José Maria Lucena; o cônsul geral da Albânia, Lamartine Holanda Júnior; o cônsul da Finlândia, Gilberto Lima; o cônsul da Turquia, Márcio Miranda; o juiz e reverendo Marcílio Mota e o desembargador Alberto de Higino.

A posse canônica de dom André Vital será realizada no dia 29 de julho, às 18h, na Catedral Nossa Senhora da Conceição, em Limoeiro do Norte.

História – Dom André Vital Félix da Silva nasceu em 31 de maio de 1965, em Recife (PE). Completou seus estudos de Filosofia no Instituto Salesiano de Filosofia do Recife e os de Teologia no Instituto Franciscano de Teologia de Olinda. Obteve a Licenciatura em Teologia Bíblica na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma. Fez sua profissão religiosa na Congregação dos Padres Dehonianos, em 25 fevereiro de 1986 e foi ordenado presbítero em 2 de janeiro de 1991. Antes de se sagrar bispo, exercia seu ministério presbiteral na paróquia de São Pio X, em Camaragibe, sendo também capelão do Carmelo da Imaculada Conceição (OCD), na mesma cidade, além de ser membro do Conselho Provincial Brasil-Recife e da Comissão Dehoniana de Teologia da América Latina.

Carisma – Dom André Vital norteia a sua missão em sintonia com o carisma de oblação e reparação, herdado do fundador da Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus, Padre Leão Dehon. Estando no segundo século de existência, a Congregação Dehoniana segue atuante na Igreja, espalhando-se pelo mundo e atraindo jovens dispostos a seguir o ideal de disseminar o Reino do Coração de Jesus.

FONTE:http://www.dehonianosbre.org/2017/07/09/novo-bispo-dehoniano-e-ordenado/

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados*