Dehonianos
Notícias da Igreja
 
Hoje começa a novena em honra a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Hoje começa a novena em honra a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Esta imagem recorda o cuidado da Virgem com Jesus, desde sua concepção até sua morte, e como hoje segue protegendo seus filhos que recorrem a Ela.


 


Atualmente, a devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro se expandiu por diversos lugares, construindo-se igrejas e santuários em sua honra. Seu retrato é conhecido e venerado em todas as partes do mundo.


 


A poucos dias dessa grande festa, os fiéis podem exercer sua devoção com muitas orações, entre as quais esta novena disponível no site do canal católico Canção Nova:


 


Preparação para todos os dias da novena




– Recolher-se em oração em casa ou numa igreja;


 


– Fazer o pedido da graça que tanto deseja alcançar;


 


– Rezar a oração de cada dia;


 


– Rezar um Pai-Nosso e três Ave-Marias;


 


– Praticar a boa obra de cada dia. Pode-se trocar por outra mais conveniente.


 


Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.


 


Primeiro dia




“Eis a tua mãe” (Jo 19,27)


 


Bondosa Mãe do Perpétuo Socorro, que experimentastes a angústia da vida, acolhei o meu pedido. Sois Mãe e tendes o desejo de socorrer a todos, aqui está alguém que é pecador, mas que recorre a vós.


 


• Boa obra: dar esmola a um pobre.


 


Segundo dia




“[…] meu espírito se alegra em Deus […]” (Lc 1,47)


 


Mãe do Perpétuo Socorro, ajudai-me a ser de Deus. Tudo passa como vento, Deus permanece. Quero ser d’Ele e, por isso, vos suplico: socorrei-me nessa vida, ajudai-me a não perder Deus nos sofrimentos e necessidades. Bondosa Mãe, aumentai a minha fé e confiança, socorrei-me com vosso amor.


 


• Boa obra: em casa, fazer o trabalho com amor.


 


Terceiro dia




“[…] seja feita a tua vontade […]” (Mt 6,10)


 


Bondosa Mãe, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, compreendestes e sempre fizestes o que Deus queria, afastai de mim a dureza do coração, o orgulho e o egoísmo. Ajudai-me, bondosa Mãe, a seguir a vontade de Deus e concedei-me a graça que vos peço.


 


• Boa obra: antes de dormir, agradecer a Deus por tudo o que aconteceu no dia.


 


Quarto dia




“[…] foi a mim que o fizestes!” (Mt 25,40)


 


Mãe de Jesus e minha mãe, dai-me um coração generoso para ajudar o próximo e misericordioso para perdoar sempre. Dai-me um coração humilde e manso para suportar suas fraquezas. Jesus disse que faço a Ele o que faço aos outros, por isso, ajudai-me a melhor amar Deus e meus irmãos. Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, socorrei-me na graça que vos peço.


 


• Boa obra: dar algo ao pobre.


 


Quinto dia




“[…] eu estou ali, no meio deles.” (Mt 18,20)


 


Bondosa Mãe, como vivestes com Jesus e José em casa? Concedei-me amar meus irmãos e aceitar cada um no seu jeito de ser. Dai-nos a paz, compreensão, bondade e alegria para que o Espírito de Jesus permaneça conosco. Bondosa Mãe, pedi a Ele por nós.


 


• Boa obra: visitar alguém doente.


 


Sexto dia




“Vinde a mim, […] e eu vos darei descanso.” (Mt 11,28)


 


Pode a mãe esquecer seu filho? Sei, ó Maria, que não nos esqueceis, mas tenho medo de me esquecer de vós. Peço-vos nunca perder Deus nem a fé, e sempre confiar em vós. Ó Maria, feliz de quem vos conhece e a vós recorre como o filho à sua Mãe. Ajudai-me em minha prece.


 


• Boa obra: ir a uma igreja e rezar por alguém.


 


Sétimo dia




“Faça-se em mim segundo a tua palavra.” (Lc 1,38)


 


Maria, sempre fizestes tudo o que Deus vos pediu. Para que eu também seja assim, ajudai-me a ouvir a Palavra de Deus, a meditar, a ouvir o que Jesus ensinou. Atendei meu pedido nesta novena e não deixai que fique acomodado na vida.


 


• Boa obra: ler Lc 1,39-56.


 


Oitavo dia




“[…] olhou para a humildade de sua serva.” (Lc 1,48)


 


Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, quantas vezes me torno orgulhoso, vaidoso, confiante nas coisas que passam. Tudo isso pode ocupar o lugar de Deus em meu coração. Maria, livrai-me desta tentação de trocar Deus pelas coisas da terra e descuidar da casa d’Ele em mim. Bondosa Mãe, socorrei-me com a graça de Jesus.


 


• Boa obra: ouvir e conversar, bondosamente, com um idoso ou uma pessoa difícil.


 


Nono dia




“Maria, porém, guardava todas as coisas, meditando-as no seu coração” (Lc 2,19).


 


Quantas vezes, ó Maria, meu coração fica triste, atribulado, cheio de dúvidas e angustiado. Isso acontece, porque não me recolho no silêncio da oração nem procuro ver o que Deus quer de mim. Não sei escutar o Senhor. Maria, peço-vos a graça de acreditar que Deus me ama sempre, mesmo na dor.


 


• Boa obra: passar o dia alegre e não se aborrecer.


 


Fonte: ACI Digital


Indique a um amigo
 

Copyright © 2020 Dehonianos. Todos os direitos reservados.