Dehonianos
Notícias da Igreja
 
Igreja é assaltada durante transmissão ao vivo de Missa
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Igreja é assaltada durante transmissão ao vivo de Missa

Cerca de 20 minutos após o início da Missa, no momento da Proclamação do Evangelho, o sacerdote percebeu que o templo estava sendo assaltado e pede: “Toca o alarme”. Em seguida, dirigindo-se à câmera, solicita: “Pessoal, manda a polícia aqui para a Igreja, porque estamos sendo assaltados durante a Missa”.


 


Devido à pandemia de Covid-19, as Celebrações Eucarísticas em São Leopoldo ainda estão sendo sem a presença do povo e, por isso, com transmissão on-line. Além do sacerdote, estavam na igreja para a Missa das 19h outras quatro pessoas. Foi quando dois homens entraram no local e levaram dois celulares e a chave de um carro.


 


O pároco contou ao site GaúchaZH que os indivíduos faziam sinal para ele “calar a boca”, mas o sacerdote “não entendia”. “Achei que eram pedintes. Demorou para cair a ficha. Quando vi eles fazendo sinal para os outros, como se quisessem mostrar algo embaixo da roupa, percebi o que estava acontecendo”, relatou.


 


Neste momento, pediu ajuda a quem acompanhava a Missa pela internet, até que o seu notebook foi fechado e um dos homens tentou pegar o computador.


 


“Eu consegui segurar, peguei um pedestal, para caso ele viesse para cima de mim, mas ele desistiu e os dois fugiram”, contou o sacerdote.


 


Ao retomar a transmissão, Pe. Micanto afirmou: “Perdoem. Fomos assaltados durante a Missa”; e depois acrescentou: “Pedimos desculpas a todos por este transtorno”.


 


De acordo com GaúchaZH, o sacerdote informou que o templo possui alarmes, mas os dispositivos não ficam ligados quando a igreja está aberta. O local também possui câmeras de segurança e as imagens serão entregues à polícia.


 


Além disso, após o ocorrido, Pe. Micanto declarou que celebrará as Missas em um horário mais cedo.


 


Fonte: ACI Digital


Indique a um amigo
 

Copyright © 2020 Dehonianos. Todos os direitos reservados.