Fechar
Popup
 
 
Dehonianos
Nossas Obras
 
mysql_result($vd,0,

Missão Rondônia

Atendendo ao apelo de Jesus Cristo: “ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a todos os povos...” (Mt 28,19) nós dehonianos, por meio da província BRM, misericordiosos e em comunhão com os povos da Igreja, estamos presentes na região amazônica desde o ano de 2010. Lá buscamos testemunhar e doar a vida no seguimento de Jesus Cristo contribuindo, com nosso trabalho, na formação de discípulos-missionários nestas terras de missão.

Na certeza de que Deus se revela em nossos superiores esta missão foi pensada conforme o desejo do primeiro capítulo ordinário da província BRM no ano de 2008, no mês de agosto quando o então superior provincial Pe. Leo Heck, pediu ao confrade, Pe João Selhorst, para entrar em contato com os bispos de Rondônia, Acre e Amazonas, verificando a possibilidade e o desejo destes contarem com os serviços da Congregação, ou seja, um lugar, uma paróquia, para a realização da missão em uma dessas dioceses.

Motivados assim pelo conselho provincial foi marcada uma primeira visita a Rondônia (Arquidiocese de Porto Velho) nos dias 13 a 18 de Outubro de 2008 onde o Pe. Odilo Leviski e Pe. João Selhorst visitaram a arquidiocese e conheceram o então Arcebispo Dom Moacir Grechi, o qual, abriu as portas da arquidiocese para que se iniciasse os trabalhos missionários em Porto Velho. Em julho de 2009, na assembleia provincial, foi aprovada a nova missão para o estado de Rondônia.

Rondônia é um estado de colonização recente. Apenas três dioceses cobrem 237.000 Km². A religiosidade é dominada por seitas evangélicas. Em algumas áreas os católicos não passam de 25% da população. Igrejas pentecostais pululam em toda a parte. Os desafios para a Igreja católica começam por uma primeira evangelização que não houve em muitos lugares, a escassez do clero local, as dificuldades financeiras, a discrepante distribuição de rendas, o proselitismo das seitas e a pobreza da população.

Aceita e aprovada à missão nestas terras, a Congregação assumiu em 21 de fevereiro de 2010 a paróquia Nossa Senhora de Nazaré em Porto Velho. Está paróquia conta com aproximadamente 40.000 habitantes, destes 28% se dizem católicos e compõem um grupo de oito comunidades, sendo duas em área rural. A população é composta de ribeirinhos, amazonidas, nordestinos e sulistas.

Em meio de muitas lutas e desafios a missão apresentava frutos bons, o que despertou o desejo de ampliação do campo de trabalho nestas terras. Assim, dois anos depois, em 22 de fevereiro de 2012 é aceito pela Congregação a paróquia Rainha dos Apóstolos na cidade de Ariquemes - RO, distante 200 km de Porto Velho. A paróquia Rainha dos Apóstolos conta com aproximadamente 50.000 habitantes destes 45% se dizem católicos e compõem um grupo de oito comunidades sendo todas no perímetro urbano. A população é composta por sulistas, nordestinos, paulistas e amazonidas.

Nosso trabalho nestes campos desejam a formação cristã dentro da espiritualidade dehoniana “união a oblação reparadora de Cristo ao Pai em favor da humanidade” (cst. 6), assim, todo o nosso trabalho pastoral visa:
a) Priorizar a formação nas paróquias para o discipulado e para a missão permanente.
b) Atendimento personalizado dos nossos fiéis (confissão e orientação espiritual) carentes de uma palavra consoladora e reconfortadora.
c) Ajuda solidária, com cestas básicas distribuídas às famílias carentes de pão.
d) Contribuir com a formação do clero local e com as congregações religiosas.
e) Ser presença e sinal do Reino no meio do povo. Afim de levarmos o Cristo ao maior número de pessoas fazemos uso dos mais variados meios de comunicação (TV, Rádio, Jornais, Redes Sociais, etc).
Assim, desde o início da missão já realizamos muitas coisas, eis algumas delas: implantação do apostolado da oração e a devoção ao SCJ com adoração ao Santíssimo todas as sextas-feiras na matriz e comunidades.
Atendimento de confissões e aconselhamento espiritual. Visitas aos doentes em seus lares ou hospitais.
Presença ativa nos meios de comunicação.
Implantação do ECC. Implantação da escola da Palavra. Implantação da Pastoral do dízimo missionário com visitação missionária anualmente em todas as casas das paróquias.
Surgimento de novas pastorais. Paróquia em estado permanente de missão. Ampliação dos GBR (grupos bíblicos de reflexão), com a possibilidade de missas nas casas.
Trabalho com jovens. Aumento na participação de fiéis nas celebrações e pastorais. Retorno de fiéis afastados. Prática de Igreja mais acolhedora, aberta e presente na vida do povo.
Criação dos CPP, CPCs e do CAEP. Realização de assembleias comunitárias e paroquiais anualmente. Trabalho descentralizado.
Realização de retiros vocacionais. Orações pelas vocações em todas as celebrações, adorações e reuniões. Criação das equipes do SAV. Capelinhas de orações pelas vocações.
Organização da pastoral social com visitas as famílias e distribuição de cestas básicas e roupas. Coleta de mantimentos feita pelos jovens e catequizandos.
Empenho dos religiosos na construção e reforma das casas e secretarias paroquiais. Empenho dos religiosos nas ampliações e melhorias das comunidades e centros de catequese.

 
 

Copyright © 2017 Dehonianos. Todos os direitos reservados.