Oblatos

20080727

A intenção inicial e original de Pe. Dehon, ao fundar a Congregação é que ela fosse chamada de “Oblatos do Coração de Jesus” A “oblação” é o cerne da espiritualidade dehoniana e a sua mística. Oblato é aquele que se oferece sem reservas a Deus, buscando Fazer sempre sua vontade. É aquele que abre mão da própria vontade, para fazer a vontade de Deus.
O dehoniano deve ser reconhecido por atitudes que nascem de sua união à oblação de Cristo e que marcam todo o seu ser:
disponibilidade, amor à Eucaristia, obediência, espírito de comunhão (sint unum), coragem de arriscar a vida pelo evangelho em favor dos irmãos (sacrifício), solidariedade
e gratuidade.
Enfim, o oblato deve ter um coração grande,
capaz de acolher, amar e servir. Assim o
dehoniano é chamado a ser e a viver.

O significado de nosso carisma se resume em uma frase:
“União à oblação reparadora de Cristo ao Pai em favor da humanidade” (cf Cst 6).