Dehonianos
Paróquias
 
mysql_result($vd,0,

Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro - Guabiruba

Criada em 19 de Março de 1963 (52 anos)
A localidade de Guabiruba está intimamente ligada à colonização de Brusque, constituindo uma das mais antigas ocupações da ex-colônia Itajahy. Foi em 1862 que chegaram as primeiras famílias de imigrantes vindas de Baden, sul da Alemanha. Mais tarde vieram os imigrantes italianos. Eles ocuparam uma área situada num vale belíssimo, cortado por diversas nascentes e emoldurado por verdes montanhas: Guabiruba.

Em fins de 1865 foi erguida no local uma primeira capela, dedicada a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Nela, a 17 de novembro de 1866, o Pe. Alberto Gattone cantou a primeira missa solene em Brusque. O atendimento espiritual dos moradores do local passou a ser feito pelos padres de Brusque. Em 1962, pela lei nº 821, Guabiruba foi elevada à categoria de município.

No ano seguinte, 1963, um abaixo assinado de pessoas da comunidade pedia ao Arcebispo Metropolitano, Dom Joaquim Domingues de Oliveira, que elevasse a capela à categoria de paróquia e nomeasse como pároco Pe. Pedro Mathias Engel SCJ, que já atendia a comunidade. A reivindicação foi aceita e confirmada através de correspondência datada de 16 de fevereiro do mesmo ano.

A oficialização foi feita em 19 de março de 1963, quando Dom Joaquim assinou decreto criando a paróquia. Na mesma data, foi assinado convênio confiando aos cuidados da Congregação dos Padres do Coração de Jesus (dehonianos – SCJ) a administração da paróquia. Trabalho que permanece ainda hoje.

 
 

Copyright © 2020 Dehonianos. Todos os direitos reservados.