Dehonianos
Espiritualidade Dehoniana
 
Faleceu em Jarguá do Sul o Padre P. Valdir Vicentini, SCJ
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Faleceu em Jarguá do Sul o Padre P. Valdir Vicentini, SCJ
Com profundo pesar comunicamos o falecimento do P. Valdir Vicentini, SCJ, ocorrido por volta das 21h30 no hospital São José, em Jaraguá do Sul.

O velório do padre Valdir será a partir das 8h deste dia 25/02 na igreja matriz São José, em Botuverá. As 16h será a missa de corpo presente seguida de sepultamento também em Botuverá.

P. Valdir nasceu em Botuverá (SC), no dia 16 de julho de 1937. Ele foi batizado, com 23 dias, na Paróquia São José de Botuverá (SC), no dia 08 de agosto de 1937. P. Valdir Ingressou no Seminário São José em Rio Negrinho (SC), no ano de 1951, contava com a idade 14 anos. Estudou no Seminário de Corupá no período de 1952 até 1957. Fez noviciado em Jaraguá do Sul (SC), no ano de 1958 e professou os votos de castidade, pobreza e obediência no dia 02 de fevereiro de 1959. Quando jovem, P. Valdir, cursou filosofia em Brusque no período de 1959 a 1960. Estudou teologia no Instituto Teológico Sagrado Coração de Jesus, Taubaté (SP), entre os anos de 1961 a 1964. P. Valdir é religioso dehoniano há 63 anos e no dia 28 de junho, passado, completou 57 anos de ministério sacerdotal. 

Logo após a sua ordenação sacerdotal, no ano de 1965, o P. Valdir foi designado para a pastoral no Santuário São Judas Tadeu, em São Paulo (SP). Depois, em 1966, foi Professor e Formador na Escola Apostólica Dehonista, Lavras (MG). Também atuou como Professor no Colégio Dehon, em Tubarão (SC). No mês de janeiro de 1972 foi transferido para a missão de Diretor da Escola Apostólica São José, em Rio Negrinho (SC). No ano de 1975 passou a atuar como Vigário paroquial em Monção, no Maranhão. Em 1977 foi designado para o serviço Vigário paroquial da Paróquia Divino Espírito Santo, Varginha (MG). Em 1979, foi designado para a missão de Professor e formador na Escola Apostólica SCJ, em Corupá (SC). No período de 1985 a 1990, exerceu o serviço de Superior do Noviciado Nossa Senhora de Fátima, em Jaraguá do Sul (SC). Em 1991, o P. Valdir assume a missão de Vigário paroquial na Paróquia Nossa Senhora do Rosário, em Varginha (MG). Permanece nesse serviço por meio ano. E em julho de 1991, assume a designação de Vigário paroquial da Paróquia Santo Antônio de Pádua, Rio Negrinho (SC). No ano de 1992, P. Valdir assume como Vigário paroquial na paróquia São Luiz Gonzaga, Brusque (SC). No ano de 1993 foi Pároco da Paróquia São Pedro, em Rondon (PR). Já no ano de 1994 assume como Pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em São Bento do Sul (SC). Em 1996 é Vigário paroquial na Paróquia São Sebastião, Jaraguá do Sul (SC), e responsável, pelo setor São Francisco. No ano de 2006, P. Valdir retorna para a formação e passa a ser Formador dos Seminaristas, na Casa Padre Dehon, Brusque, (SC). No ano de 2010 passa a integrar a comunidade religiosa do Noviciado Nossa Senhora de Fátima, em Jaraguá do Sul (SC). Ainda no ano de 2010, em agosto, é inserido na comunidade religiosa do Seminário SCJ, em Corupá (SC). E passa a exercer o serviço de Vigário cooperador da Paróquia São José, em Corupá (SC). No ano de 2013, P. Valdir colabora como Vigário paroquial na Paróquia Santuário SCJ, Joinville (SC). Em 2014 passa a residir no Seminário São José, em Rio Negrinho (SC) e vive seu Ano Sabático, ao Celebrar 50 anos de sacerdócio. Em 2015 atua no serviço de Vigário paroquial da Paróquia São Luiz Gonzaga, Brusque (SC). Onde permaneceu até o ano de 2019. No ano de 2020, P. Valdir passa integrar a comunidade religiosa da Casa P. Dehon, em Brusque (SC). Faleceu no dia 24 de fevereiro de 2022, na UTI do Hospital São José de Jaraguá do Sul. Onde estava internado submetido a um tratamento de insuficiência cardíaca.

P. Valdir Vicentini scj

* 16/07/1937

+ 24/02/2022

Que as almas dos fiéis defuntos,

pela misericórdia de Deus descansem em paz, amém!

Fonte: Arquivo Provincial Padre Lux (APPAL).

Indique a um amigo
 

Copyright © 2022 Dehonianos. Todos os direitos reservados.