Dehonianos
Notícias da Igreja
 
Apsa, na transparência a serviço da missão da Igreja
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Apsa, na transparência a serviço da missão da Igreja

Vatican News


Em 2022, a Administração do Patrimônio da Sé Apostólica (Apsa) contribuiu com 32,27 milhões de euros para cobrir os gastos da Cúria Romana. Esta é a cifra mais notável que emergiu da publicação - na quinta-feira, 10 de agosto - do balanço do órgão do Vaticano relativo ao ano de 2022. O resultado econômico da Apsa foi, portanto, de empate, pois a contribuição destinada à Cúria Romana, de acordo com as disposições compartilhadas com a Secretaria para a Economia, foi igual ao lucro obtido.


"As páginas apresentadas e os números nelas contidos", escreve o presidente da APSA, Arcebispo Nunzio Galantino, na carta que acompanha o relatório financeiro, "falam de uma administração que, como todas as outras, fez e continua a fazer as contas com os efeitos da crise pandêmica e com a incerteza decorrente dos conflitos em andamento. No entanto, essas são páginas que "alimentam uma ambição: lançar luz sobre uma área, a da administração e gerenciamento, que vive de competência, lealdade e transparência, mas também de confiança, como afirmava o grande economista Antonio Genovesi no século XVIII".


O arcebispo Galantino explica que "a transparência dos números, dos resultados alcançados e dos procedimentos definidos é uma das ferramentas que temos à nossa disposição para eliminar, pelo menos naqueles que estão livres de preconceitos, suspeitas infundadas sobre a extensão dos bens da Igreja, sua administração ou o cumprimento dos deveres da justiça, como o pagamento de impostos devidos e outros deveres".


Por outro lado, observa o arcebispo, "pouco mais de um ano após a publicação da Constituição Apostólica Praedicate Evangelium, a natureza e as tarefas atribuídas pelo Papa Francisco à Apsa estão se tornando cada vez mais claras". 


Fonte: Vatican News

Indique a um amigo
 

Copyright © 2024 Dehonianos. Todos os direitos reservados.