Dehonianos
Notícias da Igreja
 
Dez dados sobre santo Antônio de Pádua que talvez não conhecia
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Dez dados sobre santo Antônio de Pádua que talvez não conhecia

1. Não se chamava Antônio, não nasceu em Pádua nem era italiano


Nasceu em Lisboa, em 1195. Chamava-se Fernando de Bulhões e Taveira de Azevedo. Aos 25 anos, adotou o nome de Antônio quando se tornou franciscano.


 


2. Foi agostiniano antes de ser franciscano


Aos 15 anos, ingressou nos Cônegos Regulares de Santo Agostinho. Dez anos depois, ingressou nos Frades Menores Franciscanos.


 


3. Poderia ser mártir


Decidiu ingressar nos Frades Menores para pregar aos sarracenos e estava disposto a morrer por amor a Cristo. Foi ao Marrocos, mas uma grave doença o obrigou a retornar.


 


4. Era um grande pregador


Tinha uma voz clara e forte, aparência imponente, memória prodigiosa e um profundo conhecimento, o espírito de profecia e um extraordinário dom de milagres.


 


5. Carrega o Menino Jesus em seus braços devido a uma aparição


Foi testemunha de uma aparição do Menino Jesus a quem segurou em seus braços.


 


6. Seu milagre mais famoso permitiu que um homem recuperasse um pé amputado


Em Pádua, um jovem chamado Leonardo, em uma crise de raiva, chutou a própria mãe. Arrependido, confessou sua falta a Santo Antônio, que lhe disse: “O pé daquele que chuta sua própria mãe merece ser cortado”. Leonardo correu para casa e cortou o pé. Ao saber disso, Santo Antônio tomou o membro amputado do jovem e milagrosamente o uniu ao corpo.


 


7. É conhecido como o santo mais milagroso


Sua fama de realizar atos prodigiosos nunca diminuiu e ainda hoje é reconhecido como o maior taumaturgo de todos os tempos.


 


8. É conhecido como “o santo de todo mundo”


Leão XII o chamou “o santo de todo mundo”, porque por todas as partes é possível encontrar sua imagem e devoção. É padroeiro dos pobres, dos viajantes, dos pedreiros, dos padeiros, entre outros.


 


9. Recorrem a ele para pedir um bom marido ou esposa


Por este motivo, algumas pessoas chegam a colocar sua imagem de cabeça para baixo, mas isso é uma superstição e uma prática não cristã.


 


10. Sua canonização foi a mais rápida da história


O papa Gregório IX o canonizou menos de um ano depois de sua morte, em Pentecostes, no dia 30 de maio de 1232.


 


 


 


 


Fonte: acidigital.


Fotógrafo: Reprodução de imagem ilustrativa em site ACI Digital.


Indique a um amigo
 

Copyright © 2024 Dehonianos. Todos os direitos reservados.