Dehonianos
Notícias da Igreja
 
Dom Jaime Spengler: quem tem condições, ajude as cidades mais atingidas no RS
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Dom Jaime Spengler: quem tem condições, ajude as cidades mais atingidas no RS

Andressa Collet - Vatican News


O arcebispo de Porto Alegre (RS) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Jaime Spengler, manifestou pesar sobre a tragédia que se abateu sobre o Rio Grande do Sul com as chuvas, enchentes e a passagem do ciclone extratropical que deixou milhares de pessoas desabrigadas em diversas regiões do Estado.


Segundo a Defesa Civil, até a noite de quinta-feira (7) foram registradas 41 mortes e 65 pessoas que ainda estariam desaparecidas. Entre as cidades mais atingidas estão Muçum, Roca Sales, Nova Bassano, Santa Tereza, Bento Gonçalves, Estrela, Ibiraiaras, Passo Fundo, Mato Castelhano, Encantado, Lajeado, Arroio do Meio, além do Distrito de Santa Bárbara, em São Valentim do Sul. O presidente da CNBB afirmou que mais uma vez um evento climático provoca destruição e morte em várias regiões do Rio Grande do Sul:


“Estamos acompanhando, da forma que podemos, a situação. A cada hora o número de mortos cresce. Essas tragédias estão nos recordando, mais uma vez, da importância de cuidar do clima e de nossa casa comum, que está enviando sinais que alertam para a necessidade de respeito e cultivo do necessário para que a mãe natureza possa continuar oferecendo aquilo do qual todos nós precisamos: condições de vida.”


Campanhas em favor das vítimas das chuvas no RS


Dom Jaime Spengler disse rezar por todos os atingidos e falecidos, reafirmando que a Igreja no Rio Grande do Sul e no país também está promovendo ações de solidariedade para ajudar a mitigar o sofrimento dos que foram impactados diretamente pela tragédia. Uma delas é da Cáritas Arquidiocesana - Mensageiro da Caridade.  Em nota, o arcebispo recordou:





“A solidariedade é virtude e valor profundamente humano. Iluminada pela fé cristã expressa cuidado, atenção e serviço. Exortamos - e pedimos! - a quem tem condições, auxiliar as cidades mais atingidas pela tragédia provocada pelas chuvas nestes dias, em nosso Rio Grande do Sul.”





Neste momento, ainda lembra a nota, o mais urgente é "material de construção, ou reconstrução". É também possível colaborar doando dinheiro, "por meio de conta bancária específica, em nome do Secretariado de Ação Social da Arquidiocese de Porto Alegre - Cáritas Arquidiocesana: Banco Banrisul, Agência 0834, conta corrente: 06.102966.0-6. PIX CNPJ: 92.679.935/0001-64. Que o Senhor recompense a todos que colaborarem não com o dobro, mas com a medida do Evangelho: 'cem vezes mais...'", finaliza dom Jaime Spengler.


presidência do Regional Sul 3 da CNBB, que compreende o Estado do Rio Grande do Sul, lançou na quarta-feira (6) uma nota em solidariedade às vítimas das chuvas, chamando o povo gaúcho à solidariedade. Dom Leomar Brustolin, o presidente, através de um vídeo, procura mobilizar ainda mais a solidariedade neste momento de dor e sofrimento:


"As recentes chuvas causaram cheias e enchentes na região, e causararam uma calamidade, especialmente desabrigando muitas pessoas, inclusive com muitos mortos. Isso tudo fez com que a gente, também como Regional Sul 3 da CNBB, se organizasse e propusesse, primeiro de tudo, uma nota de solidariedade, de profunda sintonia com os desabrigados e enlutados no momento desse flagelo; mas, também, com uma caridade ativa. Propomos também que quem quiser fazer doações, através de uma conta, depois o próprio Regional se ocupará de fazer a distribuição para as regiões mais afetadas, e eu digo, com uma atividade que deve ser imediata. Nós devemos recolher e imediatamente atender essas demandas."


Para auxiliar na arrecadação de donativos que possam socorrer as famílias necessitadas, a CNBB Regional disponibiliza uma conta para receber doações via PIX, pela chave de número: 33685686001041 (CNPJ).


Colaboração: CNBB


Fonte: Vatican News

Indique a um amigo
 

Copyright © 2024 Dehonianos. Todos os direitos reservados.