Dehonianos
Notícias da Igreja
 
Encontro Mundial das Famílias quer despertar a santidade na vida dos casais
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Encontro Mundial das Famílias quer despertar a santidade na vida dos casais

Andressa Collet - Vatican News


Durante os trabalhos do X Encontro Mundial das Famílias dois relicários estarão presentes na Sala Paulo VI e na Basílica de São Pedro. Eles contêm algumas relíquias e lembranças pessoais de Luigi e Maria Beltrame Quattrocchi, que são patronos do evento internacional e também o primeiro casal de Beatos da Igreja Católica. Eles foram beatificados por São João Paulo II em 2001.


O casal teve 4 filhos, três dos quais escolheram a Vida Consagrada, enquanto a mais nova, Enrichetta, foi declarada Venerável por Papa Francisco. Inclusive, na primeira parte do Festival das Famílias na noite desta quarta-feira (22), o primeiro dos testemunhos das famílias será de Francesco Beltrame Quattrocchi, adotado por Enrichetta. O neto dos patronos é professor de Bioengenharia na Universidade de Gênova.


Luigi e Maria se dedicaram ao serviço e ao bem comum desde o início do matrimônio. De fato, começaram o trabalho pastoral familiar em Roma, oferecendo encontros e acompanhamento para noivos e casados.


As relíquias dos patronos


O relicário em exposição na Basílica de São Pedro, colocado em frente ao altar da Confissão, conserva dois fragmentos dos ossos do casal. Também estará presente no sábado (25), na Praça de São Pedro, durante a missa presidida pelo Papa Francisco.


Já o relicário que da Sala Paulo VI, também no Vaticano, sede dos trabalhos do Congresso Teológico Pastoral, conserva:


- o anel de noivado, com uma decoração em forma de cacho de uvas que Luigi deu a Maria;

- dois fragmentos de ossos do casal;

- uma pequena imagem em foto de Nossa Senhora de Pompeia que Maria deu a Luigi antes do matrimônio, em um momento em que ele estava doente. Luigi rezou a Virgem Maria por muito tempo e ficou curado. Ele manteve a imagem mariana por mais de 40 anos em sua carteira, sempre carregando-a com ele;

- um Evangelho aberto, que o casal lia junto todas as manhãs antes de assistir à Santa Missa diária.

Atrás do relicário estão fotos dos 4 filhos, uma foto do casal e a imagem do Sagrado Coração de Jesus.


"É possível ser santo como casal"


Um dos temas que será explorado no X Encontro Mundial das Famílias será o da santidade na vida familiar. Segundo o Pe. Alexandre Awi Mello, secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, o argumento sobre o exemplo de santos que estão sendo canonizados como casal fará parte da última mesa redonda.


"Ou seja, é possível ser santo como casal. E uma santidade muito normal, muito da vida cotidiana, mas que justamente é possível e é bonito ver o exemplo desses casais, entre eles, os Beatos Beltrame Quattrocchi que são justamente os padroeiros deste X Encontro Mundial das Famílias daqui de Roma. A Igreja está mais acostumada a canonizar as pessoas individualmente, inclusive casados, canonizados individualmente. Mas o primeiro casal que foi canonizado como casal foram os pais de Santa Terezinha. Eles abriram a porta para que outros pudessem ser canonizados e, os outros que vêm logo em seguida, são Beatos e é justamente esse casal daqui da diocese de Roma."





“Esperamos que este encontro desperte ainda a santidade na vida de muitos casais.”





Fonte: Vatican News

Indique a um amigo
 

Copyright © 2022 Dehonianos. Todos os direitos reservados.