Dehonianos
Notícias da Igreja
 
Francisco: a unidade dos cristãos é um testemunho ao mundo ferido pela divisão
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Francisco: a unidade dos cristãos é um testemunho ao mundo ferido pela divisão

O Papa Francisto também se faz presente no quarto encontro mundial organizado pelo Fórum Cristão Global que termina no próximo sábado (20), em Acra, capital de Gana, que recebe 240 líderes cristãos de 60 países diferentes. Através de uma mensagem enviada ontem (18), o Pontífice começou recordando a importância de reunir participantes de todo o mundo na África, "o que respeita um belo mosaico do cristianismo contemporâneo com a sua rica diversidade, ao mesmo tempo em que permanecem fundamentados na nossa identidade comum de seguidores de Jesus Cristo". 


 


No texto em inglês, lido no evento por Pe. Flavio Pace, secretário do Dicastério para a Promoção da Unidade dos Cristãos, o Papa refletiu sobre o tema do encontro em Gana: "Para que o mundo conheça" (Jo 17, 23b), inspirado na oração de Jesus pouco antes da sua paixão e morte, quando expressou anseio pela unidade entre os fiéis. Uma forma, escreveu Francisco, de exortar "os cristãos a incorporar a unidade e o amor do Deus Uno e Trino na vida pessoal deles e da Igreja, de modo a dar testemunho a um mundo ferido pela divisão e rivalidade".


 


“A unidade é um elemento indispensável para abraçar a visão do Reino de Deus. Portanto, há um vínculo intrínseco entre o ecumenismo e a missão cristã. Ao longo da sua história, o Fórum Cristão Global contribuiu significativamente para a promoção desse vínculo, proporcionando um espaço onde os membros, especialmente aqueles provenientes de diferentes expressões históricas da fé cristã, crescem no respeito mútuo e na fraternidade, ao se encontrarem em Cristo.”


 


Francisco encerrou a mensagem, parabenizando pelo aniversário de 25 anos do Fórum Cristão Global, no desejo de que o encontro em Gana consiga reacender o amor fraterno enquanto todos rezam juntos, contam as histórias pessoais e enfrentam os desafios que a comunidade cristã global enfrenta. A exortação final do Papa foi para que o evento consiga aumentar "a unidade visível entre todos os cristãos".


 


De fato, o Fórum Cristão Global procura reunir cristãos de diferentes tradições para aprofundar as conexões e enfrentar os desafios globais. Por meio de adoração, ensinamentos e discussões em busca da unidade cristã, os encontros procuram dar testemunho de Cristo no mundo de hoje.


 


O 'espaço aberto' do Fórum Cristão Global


O Pe. Flavio Pace, em nome do Dicastério para a Promoção da Unidade dos Cristãos, também fez a sua intervenção no "evento ecumênico" após a leitura da mensagem de Francisco, enaltecendo, inclusive, o processo sinodal da Igreja Católica vivido desde 2021 - que não pode ser feito "sem a dimensão ecumênica". O secretário recordou a vigília de oração com a presença de líderes de diferentes denominações cristãs ao lado do Papa Francisco (2023). O evento em Gana, afirmou "com certeza" o representante vaticano, "também é animado pelo espírito da sinodalidade", pois reúne "líderes cristãos de todo o mundo, representando uma rica tapeçaria do cristianismo, incluindo igrejas ortodoxas, católicas, protestantes, evangélicas, pentecostais, independentes e organizações ecumênicas. Ele reflete nossa diversidade global, abrangendo várias experiências eclesiais e carismas pessoais".


 


O Fórum Cristão Global, comentou Pe. Flavio, "tornou-se uma valiosa ferramenta ecumênica", desafiando "as percepções do mundo sobre o cristianismo como uma mera fonte de divisão e conflito, demonstrando o poder transformador do Evangelho". Por 25 anos, o Fórum "tem proporcionado um 'espaço aberto' onde representantes de todas as correntes do cristianismo global podem se reunir para cultivar o respeito mútuo, compartilhar histórias de fé pessoais e eclesiais, abordar desafios e aspirações comuns e explorar novas formas de promover a unidade cristã em uma época de mudanças significativas no cristianismo global".


 


“Quando cristãos de diversas origens se reúnem, abraçando sua identidade compartilhada em Cristo, eles dão testemunho do poder reconciliador do Evangelho. Sua unidade se torna um testemunho do poder da fé cristã que transcende as diferenças humanas.”


 


 


 


 


Fonte: Vatican News.


Fotógrafo: Reprodução foto Vatican News.


Indique a um amigo
 

Copyright © 2024 Dehonianos. Todos os direitos reservados.