Dehonianos
Notícias da Igreja
 
Hoje a Igreja celebra santa Matilde, rainha da Alemanha
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Hoje a Igreja celebra santa Matilde, rainha da Alemanha

Santa Matilde foi a primeira rainha da Alemanha (século X) e se caracterizou por ser humilde, piedosa e caritativa com os oprimidos. Apoiou e mandou construir muitas igrejas e mosteiros como os de Quedlinburg, Nordhausen, Engern e Poehlden, e sua festa é celebrada hoje (14).


 


Além disso, foi descendente do famoso guerreiro Widukind, capitão dos saxões que batalharam contra Carlos Magno (século XIII), e filha de Dietrich, duque de Westphalia e Reinhild (hoje Alemanha).


 


Desde criança, foi educada pelas monjas do convento de Erfurt e adquiriu inúmeras virtudes cristãs. Casou-se muito jovem com Henrique I, que no ano 912 se tornaria duque da Saxônia, e tiveram um matrimônio excepcionalmente feliz.


 


Em 918, seu esposo foi escolhido para suceder o rei da Francia Orientalis, Conrado I. Foi assim que Henrique I se tornou o primeiro rei alemão da dinastia saxônica e, por isso, é considerado o fundador e primeiro rei do estado alemão medieval.


 


Matilde se tornou rainha, mas nunca deixou seus modos humildes e piedosos de viver, como dar esmolas aos pobres. No palácio real, atendia a todos e nenhuma pessoa em busca de ajuda ia embora sem ser atendida.


 


Depois de 23 anos de matrimônio, ficou viúva e ofereceu se desprender de todas as suas joias e brilhantes pela alma de seu esposo falecido.


 


Passou os seus últimos anos dedicada a fundar conventos e a dar esmolas aos pobres. Quando completou 70 anos, dispôs-se a passar para a eternidade e distribuiu entre os mais necessitados tudo o que tinha.


 


Morreu em 968, no convento de São Servácio e São Dionísio em Quedlinburg e foi sepultada ao lado de seu esposo. Foi venerada como santa imediatamente depois de sua morte.


 


Fonte: acidigital


Indique a um amigo
 

Copyright © 2024 Dehonianos. Todos os direitos reservados.