Dehonianos
Notícias da Igreja
 
Hospital do Papa pronto para acolher 25 crianças da Líbia com doenças graves
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Hospital do Papa pronto para acolher 25 crianças da Líbia com doenças graves





Andressa Collet - Vatican News 


O Hospital Infantil Bambino Gesù de Roma, conhecido como o "Hospital do Papa", assinou um acordo com a Agência Italiana de Cooperação para o Desenvolvimento (AICS) para oferecer às crianças da Líbia com doenças graves um tratamento na Itália. O documento foi assinado na última quinta-feira (7) e fala em acolher 25 pacientes pediátricos, acompanhados por um dos pais ou pelo tutor legal.


O acordo, no valor de 2,425 milhões de euros, faz parte do projeto de Cooperação Italiana "Intervenção de emergência em favor de crianças líbias que sofrem de patologias graves", aprovado pela vice-ministra do Ministério das Relações Exteriores da Itália, Marina Sereni. Os pequenos pacientes vão receber cuidados médicos, assistência social e psicológica, e poderão seguir cursos educacionais adaptados às suas necessidades. A presença de mediadores culturais de língua árabe irá facilitar a comunicação entre eles, suas famílias e os agentes de saúde.


"O acordo assinado confirma a eficácia de uma parceria que é o resultado da sinergia entre o compromisso humanitário e uma excelência sanitária italiana como a do Hospital Bambino Gesù", disse Luca Maestripieri, diretor da AICS. A instituição de saúde também vai se encarregar "do acompanhamento clínico, como os 'Day Hospitals', e vai ajudar com os gastos através de contribuição organizacional, logística e de mediação cultural, assim como do apoio aos acompanhantes dos pacientes". 


Além disso, o escritório da AICS , o Ministério da Itália e a Embaixada de Trípoli estão colaborando ativamente no projeto. O diretor Luca acrescentou que "todos esses são pré-requisitos que me deixam particularmente confiante de que este novo acordo será capaz de alcançar os resultados desejados e, o mais importante, vai poder dar uma nova vida a 25 pequenos pacientes líbios".



A responsabilidade com os "filhos do mundo"


Mariella Enoc, presidente do Hospital Infantil Bambino Gesù, declarou que, "embora conflitos sem sentido e sangrentos, desastres climáticos e aumento da pobreza estejam tendo seus efeitos sobre os menores e mais indefesos, sentimos um renovado senso de urgência a responsabilidade de oferecer disponibilidade aos 'filhos do mundo' que precisam de nossa capacidade de cuidado e acolhimento". Os pacientes serão identificados através da Embaixada da Itália em Trípoli e em estreita coordenação com os hospitais pediátricos locais de referência na própria Trípoli, Benghasi, Sebha e Kufra.



Uma ação que se repete


A iniciativa é o resultado de uma parceria que começou em 2019, por vontade do Ministério das Relações Exteriores, com a assinatura de um acordo entre a AICS e o Hospital Bambino Gesù que permitiu, até hoje, oferecer tratamento a 12 pacientes líbios com doenças onco-hematológicas no mesmo hospital.



Fonte: Vatican News

Indique a um amigo
 

Copyright © 2022 Dehonianos. Todos os direitos reservados.