Dehonianos
Notícias da Igreja
 
JMJ 2023: começaram as inscrições e o Papa foi o primeiro
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
JMJ 2023: começaram as inscrições e o Papa foi o primeiro

Rui Saraiva – Portugal


A preparação para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023 conheceu nesta semana uma importante aceleração com a abertura das inscrições. O Papa Francisco deu o início oficial sendo o primeiro a inscrever-se.


Francisco deu início às inscrições


 


Foi após a oração mariana do Angelus, a partir do Palácio Apostólico na Praça de S. Pedro, em Roma, no domingo 23 de outubro, que o Santo Padre passou a ser o primeiro inscrito no grande evento de juventude que vai decorrer de 1 a 6 de agosto de 2023 na capital portuguesa.


No momento em que se inscreveu como peregrino da JMJ, o Papa Francisco quis ter a seu lado duas jovens portuguesas estudantes do programa Erasmus, em Roma, na Universidade la Sapienza: Maria de Assis, natural de Lisboa e estudante de arquitetura e Diana Lourenço Gonçalves, natural de Braga e estudante de medicina.


A organização da JMJ Lisboa 2023 informa que os peregrinos que queiram “aceder a um conjunto de serviços, como alojamento, alimentação, transporte e segurança e kit do peregrino” deverão inscrever-se nas várias “opções de pacotes” disponíveis no site do evento.


“Já me inscrevi”, disse o Papa Francisco convidando os jovens a também inscreverem-se e acentuando que depois de um longo tempo de distanciamento “reencontraremos a alegria do abraço fraterno entre os povos e as nações de que tanto temos necessidade”.


A organização da JMJ 2023 sublinha que é gratuito o acesso a todas as iniciativas da Jornada de Lisboa, nomeadamente a Missa de Abertura, Acolhimento do Papa, Via-Sacra, Vigília com o Santo Padre e Missa do Envio. 


Presidente da República também se inscreveu


 


Esta semana, na terça-feira, 25 de outubro, o presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, visitou a sede do Comité Organizador Local JMJ Lisboa 2023, tendo submetido a sua inscrição como peregrino.


O site oficial do evento informa que o presidente da República foi recebido por D. Américo Aguiar, Presidente da Fundação JMJ Lisboa 2023, pelo secretário executivo Duarte Ricciardi e pelos jovens que estão a trabalhar na organização da Jornada.


O presidente destacou que é uma honra para Portugal receber este encontro da juventude de todo o mundo” e afirmou não ter dúvidas de que “vai ser o maior encontro coletivo jamais existente em Portugal”.


Encontro internacional em Fátima


 


Para promover a informação sobre o grande encontro de Lisboa, decorreu em Fátima, de 17 a 19 de outubro, um encontro preparatório internacional com a presença do Cardeal Kevin Farrell, Prefeito do Dicastério para os Leigos, Família e Vida.


Estiveram presentes representantes das conferências episcopais e pastoral juvenil de todo o mundo, assim como de movimentos e congregações num encontro que teve como objetivo “dar a conhecer a organização da JMJ Lisboa 2023, partilhando a cultura e identidade do país e cidade que vai acolher o próximo encontro mundial dos jovens com o Papa”.


De Angola esteve neste encontro Francisco Bernardo, representando a Pastoral Juvenil da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST).


O jovem destacou, em declarações à Agência Ecclesia, que aquele organismo está a trabalhar há mais de um ano na preparação do que considera um “encontro único”.


“Temos estado a trabalhar no sentido de trazer o maior número de jovens angolanos, para este grande evento”, explicou Francisco Bernardo.


Símbolos no Porto em ritmo de festa e testemunho


 


A cruz peregrina e ícone mariano “Salus Populi Romani” continuam na diocese do Porto. Os símbolos JMJ estiveram na semana passada em Castelo de Paiva, Penafiel, Felgueiras, Lousada, Paços de Ferreira e Paredes.


Esta semana estão a peregrinar na Trofa, Vila do Conde, Santo Tirso, Maia, Matosinhos, Gondomar e Valongo. No dia 31 de outubro serão entregues à diocese de Setúbal.


O ambiente vivido tem sido de festa e testemunho com a visita às paróquias, mas também a escolas, hospitais, universidades, centros de apoio a idosos, estabelecimentos prisionais, empresas, câmaras municipais e tantas outras instituições da diocese do Porto.


Nem a chuva tem impedido a mobilização de jovens e menos jovens sobretudo em vigílias de oração. Especial destaque para a Festa da Juventude que decorreu em Paredes no Dia de S. João Paulo II, no sábado 22 de outubro.


A Rádio Vaticano e o Vatican News continuam a acompanhar a preparação da Jornada Mundial da Juventude que decorrerá em Lisboa em agosto de 2023.


Laudetur Iesus Christus


Fonte: Vatican News

Indique a um amigo
 

Copyright © 2024 Dehonianos. Todos os direitos reservados.