Dehonianos
Notícias da Igreja
 
Rússia: comunidade católica rezará com o Papa o Terço pela paz
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Rússia: comunidade católica rezará com o Papa o Terço pela paz

Vatican News


"Convido todos os fiéis a rezarem juntos o Terço, aqui na Catedral, na terça-feira 31 de maio, em comunhão com o Papa Francisco, na conclusão do mês de maio, que, como sabemos, é dedicado à Santíssima Virgem Maria. Unimo-nos ao Papa e, através dele, à Igreja no mundo inteiro, para implorar o dom da paz na Ucrânia e em todas as partes do mundo onde há conflitos que são muitas vezes esquecidos."


Com estas palavras, o arcebispo metropolitano da Mãe de Deus em Moscou, na Rússia, dom Paolo Pezzi, ao término da celebração da Solenidade da Ascensão, que presidiu na Catedral Católica de Moscou lotada de fiéis, anunciou, no dia 26 de maio, a participação da comunidade católica de Moscou no Terço que será rezado pelo Papa Francisco na conclusão do mês mariano. Os fiéis moscovitas poderão acompanhar a transmissão ao vivo do evento na própria Catedral. Em seguida, o arcebispo Pezzi presidirá a Celebração Eucarística, na qual eles rezarão pela paz.



Contribuição em solidariedade aos refugiados ucranianos


A Igreja católica na Rússia tem se mobilizado desde o início para ajudar os refugiados e todos aqueles que necessitam de ajuda devido à situação na Ucrânia. Para este fim, como se pode constatar no site oficial da Catedral (https://www.catedra. ru/), é possível fazer uma doação através de três canais diferentes.


A Caritas de Saratov (Diocese de São Clemente), que assiste diretamente os refugiados na região de Rostov; a Fundação Interreligiosa para a promoção de projetos humanitários (Mezreligioznyj Fond Sodejstvija Realizacii Sovmestnych Gumanitarnych Proektov); e a Arquidiocese da Mãe de Deus em Moscou, que então envia as somas doadas diretamente para a Santa Sé. A motivação a ser indicada para fazer doações em cada uma das formas acima é a contribuição em solidariedade aos refugiados.



Católicos na Rússia representam menos de 1% da população


A Catedral católica de Moscou, dedicada à Imaculada Conceição de Maria, é um edifício neogótico construído no início do século XX. Como todos os outros edifícios utilizados para o culto em solo soviético, passou pelas várias etapas da história contemporânea da Igreja na Rússia.


Fechada em 1938, na época das chamadas grandes purgas estalinistas, foi profanada e utilizada pelo regime comunista como armazém e mercado, sendo depois restituída à Igreja católica após o colapso da URSS e reconsagrada em 2005. Atualmente, os católicos na Rússia representam menos de 1% da população total da Federação.


(com Fides)


Fonte: Vatican News

Indique a um amigo
 

Copyright © 2022 Dehonianos. Todos os direitos reservados.