Dehonianos
Notícias da Igreja
 
SETEMBRO AMARELO: EXPERIÊNCIA DA COMUNIDADE CATÓLICA MISSÃO MARIA DE NAZARÉ AJUDA A ATENUAR A DOR DE PESSOAS
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
SETEMBRO AMARELO: EXPERIÊNCIA DA COMUNIDADE CATÓLICA MISSÃO MARIA DE NAZARÉ AJUDA A ATENUAR A DOR DE PESSOAS

Casos de depressão, transtorno de ansiedade e até suicídio aumentaram devido ao novo coronavírus, que praticamente confinou o mundo inteiro dentro de casa.


É  que apontou um estudo da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) com a conclusão de que um a em cada quatro crianças e adolescentes ouvidos pela pesquisa apresentou ansiedade e depressão durante a pandemia com níveis clínicos – ou seja, com necessidade de intervenção de especialistas.


Neste contexto, são cada mais louváveis e importantes iniciativas de escuta e aconselhamento como a desenvolvida há quatrro na paróquia de Santo Antônio, em Divinópolis (MG), pela Comunidade Católica Missão Maria de Nazaré, cujo carisma é gerar e formar vida nova.


O Lucas Francisco Bechelane dos Santos, um dos consagrados da comunidade e coordenadores do apostolado de aconselhamento, informa que pessoas de todas as idades procuram o serviço e com diferentes tipos de problema, de uma leve depressão à um quadro mais crítico.



“Alguns com uma simples conversa a gente dá conta de fazer a pessoa enxergar as coisas de um modo diferente. às vezes orações que fazemos também abrem portas de aceitação e uma melhora considerável no quadro da pessoa. Tem pessoas que a gente encaminha para médicos, psicólogos e psiquiatras porque estão num grau mais avançado da dor”, disse.


Segundo ele, a partir da prática que desenvolveu, chega à conclusão que muitas pessoas, hoje, não se conhecem. Muitas das vezes são coisas pequenas que se tornaram muito grandes no coração das pessoas. “Deus vai mostrando e fazendo o milagre acontecer na vida destas pessoas. As verdades também aparecem”, disse.


O membro da comunidade avalia que muitas vezes as pessoas apontam a culpa nos outros pela realidade que está vivendo. “Os ajudamos a ver que muitas vezes somos nós mesmos que conspiramos contra nós mesmos”, disse.


Os atendimentos e aconselhamento são oferecidos de forma semanal, dependendo da gravidade de cada caso. Tem pessoas que já estão mais tranquilas que são atendidas a cada quinze dias. Segundo ele, tem pessoas que buscam o serviço apenas para receber uma oração.


A história da Comunidade Missão Maria de Nazaré



A Comunidade Missão Maria de Nazaré nasceu no Grupo de Jovens Maria de Nazaré, na paróquia de Santo Antônio, em Divinópolis. Em dezembro de 2003, Eduardo Rivelly e Carla Fonseca, ainda namorados, foram eleitos coordenadores do Grupo de Jovens. No início de 2004 propuseram um retiro espiritual com todos os jovens que compunham o grupo de perseverança do grupo de jovens. Esse retiro ocorreu no Centro de Artes e Ofícios, em Divinópolis, no qual foram abordados vários temas: vocação, carisma, missão etc. Essa proposta aconteceu pois Eduardo já, há muito tempo, sentia que Deus tinha algo além do grupo para eles.



Muitos desses jovens sentiam, assim como os coordenadores esse chamado a algo mais. Ao final desse retiro alguns jovens começaram o primeiro caminho vocacional para a Comunidade Missão Maria de Nazaré. No decorrer de um ano foram feitas propostas e reflexões sobre vida comunitária e missionária.




Fonte: CNBB

Indique a um amigo
 

Copyright © 2021 Dehonianos. Todos os direitos reservados.